Fale conosco no WhatsApp

Por sua segurança, coloque seu nome e número de celular para contatar um assessor digital por Whatsapp.

PRESOS

Associação leva calote da prefeitura de Campo Grande e teme revolta

27 DEZ 13 - 00h:00DA REDAÇÃO

Sem receber da prefeitura há quatro meses, a Associação Cristã de Pais e Filhos (ACPF), que mantém o Projeto Marcenaria com detentos em Campo Grande, vem sofrendo ameaça de fornecedores e teme uma rebelião dos presos, que estão com os salários atrasados, de acordo com matéria publicada hoje (27), no jornal Correio do Estado. De acordo com o administrador voluntário da entidade, José Paulo, pelo convênio de R$ 1,2 milhão, firmado em maio, a prefeitura deveria repassar R$ 100 mil mensais. Em contrapartida, a entidade fica responsável pela reforma dos conjuntos escolares da rede municipal de ensino, durante doze meses.

Porém, apenas a primeira parcela do convênio, referente a maio, foi depositada pelo município na conta da entidade. Isso aconteceu em julho. A dívida chega a R$ 400 mil, e compromete o orçamento de todo o trabalho social. Segundo José Paulo, desde a assinatura do convênio, mesmo com a falta do repasse, aproximadamente, quatro mil itens já foram reformados pelos 155 presos que participam do projeto. O material foi entregue à Secretaria Municipal de Educação (Semed).

Porém, para o andamento das reformas a Associação Cristã contraiu dívidas com fornecedores, com a perspectiva de que o compromisso da prefeitura fosse honrado. Como isso não aconteceu a situação ficou preocupante. Alguns detentos chegaram a comentar que estão há quatro meses trabalhando sem receber e que “a oportunidade de voltar ao crime é muito grande”. Diante da pressão sofrida nos últimos meses, a presidente da entidade recorreu ao Ministério Público Estadual. No ofício datado em 9 de dezembro, ela expõe o problema e desabafa que os detentos vêm fazendo duras cobranças para receber. A reportagem é de Rafael Bueno.

Esse artigo foi útil para você?
Os comentários abaixo são opiniões de leitores e não representam a opinião deste veículo.

Leia Também

BRASIL

Buscas em endereços de Bivar foram pedidas há 48 dias pela PF e MPE

BRASIL

Centrão quer lei contra deputado infiel

BRASIL

Caixa inicia nesta sexta pagamento do FGTS para não correntistas

BRASIL

Bombeiros confirmam duas mortes no desabamento de prédio em Fortaleza

Mais Lidas

Gostaria-mos de saber a sua opinião