ESCÂNDALO

Assessora deve ser demitida, diz senador

Assessora deve ser demitida, diz senador
19/07/2012 11:05 - G1


O senador Ciro Nogueira (PP-PI) disse ao G1 na noite desta quarta-feira (18) que a assessora Denise Leitão Rocha deverá ser demitida quando voltar do recesso, em agosto. Ela seria a mulher que aparece em cenas de sexo em um vídeo que circulou dentro no Senado.

"Tudo leva a crer que ela vai ser afastada definitivamente", disse ao ser questionado sobre a demissão. "Não vou passar o resto do mandato dando explicação sobre uma situação que aconteceu", completou o senador, que diz não saber como o vídeo foi feito nem como vazou.

"Eu preciso de uma assessora nas comissões, que faça o trabalho. Não posso ter uma pessoa que não vai conseguir desempenhar o seu mandato né? Pelo jeito que estão indo as coisas...", disse. "Não posso ter uma celebridade, não é esse o trabalho".

Nesta terça, Nogueira já havia se queixado por passar por uma situação "muito constrangedora" após o aparecimento do vídeo. A gravação circulou entre assessores e jornalistas que cobrem a CPI do Cachoeira há três semanas, com origem e circunstâncias desconhecidas.

Nogueira garantiu que o ato não ocorreu nas dependências do Senado. "Isso eu já mandei averiguar, e não. Com certeza não foi no Senado não. Se fosse no Senado, já teria tomado a decisão de demitir sumariamente".

smaple image

Fique por dentro

Fique sempre bem informado com as notícias mais importantes do MS, do Brasil e do mundo, direto no seu e-mail.

Quero Receber

Felpuda


Princípio de "rebelião" política no interior de MS, fomentada por grupo interessado em tomar o poder, não prosperou. Quem deveria assumir o "comando da refrega", descobriu que, além da matemática ser ciência exata, há "prova dos nove". Explica-se: é segunda suplente, pois não conseguiu votos necessários nas últimas eleições, mas assumiu o cargo porque a titular licenciou-se, assim como o primeiro suplente. Caso contrarie a cúpula, seria aplicada a tal prova e, assim, "noves fora, nada".