Especial Coronavírus (COVID-19) - Leia notícias e saiba tudo sobre o assunto. Clique aqui.

CIDADES

Assentamentos têm fim de semana violento

Assentamentos têm fim de semana violento
29/03/2010 11:01 -


Além da morte de duas pessoas e de uma terceira ferida no Assentamento Eldorado 2, em Sidrolândia, a violência tambe´m foi registrada em um outro assentamento do Estado. No sábado, por volta das 15h30min, no Assentamento Rural de Teijin, localizado no Distrito de Casa Verde, próx imo a Nova Andradina, Cícero Lopes Pereira, 33 anos, foi morto a tiros. Cícero Lopes foi encontrado ao lado de sua residência e apresentava duas perfurações de bala no tórax. Segundo relatos dos policiais militares do Distrito de Nova Casa Verde, uma testemunha, N.A.D., ao passar em frente do lote pertencente à vítima, avistou um veículo Gol, de cor verde, parado ao lado da residência, porém, até então não notou nada de anormal. Cinco minutos mais tarde, a esposa da vítima chegou a sua propriedade, pedindo ajuda para o marido, ferido por disparos de arma de fogo. Cícero Lopes morreu no local. Outra ocorrência, que segundo investigações, pode ter relação com o Assentamento Teijin, por ter acontecido no mesmo distrito e ter sido praticado um dia antes do assassinato de Cícero Lopes, teve como vítima Emerson de Vega Cruz, 23 anos, baleado num crime anunciado. De acordo com a polícia, Emerson foi abordado numa residência onde estava com amigos, que foram solicitados a sair da casa. O criminoso, que fugiu na garupa de uma moto Titan, cor preta, disparou um tiro contra a vítima. O rapaz morreu horas depois, num hospital em Dourados. (MR)

Felpuda


Pré-candidato pode estar sendo “fritado” sem ao menos perceber. Redes sociais que têm estreitas ligações com ex-cabecinhas coroadas e que prometeram apoio estão enaltecendo que só certo pré-candidato de outro partido. Quem conhece as ditas figurinhas de, digamos, outros carnavais, acredita que está em curso operação sorrateira para mudar internamente os rumos da futura campanha. Trocando em miúdo: ceder a cabeça de chapa.