Fale conosco no WhatsApp

Por sua segurança, coloque seu nome e número de celular para contatar um assessor digital por Whatsapp.

CONFISSÃO

Assassinos de jovens também mataram piloto

1 SET 12 - 07h:49da redação

Com a prisão de Weverson Gonçalves Feitosa, 22 anos, e Rafael da Costa Silva, na noite de ontem (31 de agosto), acusados do sequestro e morte dos universitários Breno Luigi Silvestrini de Araújo, 18 anos e Leonardo Batista, 19, a polícia também desvendou o assassinato do piloto da TAM Marco Antonio Leão Ramos, 40 anos.

Os dois e mais a manicure Dayane Aguirre Clarindo - que ao ser presa indicou onde estavam os corpos dos jovens -, além de outro marginal, foram os autores da morte do piloto com um tiro no olho na cidade de Anastácio onde havia chegado, em companhia dos pais, em férias. O crime ocorreu no mês de maio.

Weverson, Rafael e Dayane sequestraram Breno e Leonardo, em Campo Grande, anteontem à noite para roubar o Pajero de um dos jovens. Os universitários foram mortos com tiros na cabeça em uma galeria sob a pista do anel rodoviário, num trecho entre as saídas para Terenos e Rochedo.

Os marginais tentavam levar o veículo para a Bolívia mas acabaram abandonando-o quando perceberam a barreira mas proximidades da cidade de Corumbá. Dayane foi presa quando voltava para Campo Grande de carona. Interrogada, confessou o crime e apontou o local onde estavam os corpos. À noite seus comparsas foram presos.

Os comentários abaixo são opiniões de leitores e não representam a opinião deste veículo.

Leia Também

BRASIL

Ministério da Agricultura divulga registro de 42 agrotóxicos

BRASIL

Dallagnol quis manter planilha da Odebrecht em sigilo, afirma site

Anac suspende concessão da Avianca Brasil e redistribui seus pousos
Celeuma

Anac suspende concessão da Avianca Brasil e redistribui seus pousos

BRASIL

MP de diz perplexo com devolução de demarcação de terras indígenas à Agricultura

Mais Lidas