Terça, 12 de Dezembro de 2017

CAMPO GRANDE

Assaltantes que renderam delegada e família têm extensa ficha criminal

9 JAN 2014Por FAUSTO BRITES10h:20

Com várias passagens pela polícia por delitos como tentativa de homicidio, furtos, roubos, lesão corporal e tráfico de drogas, foram apresentados na manhã de hoje (09) na Delegacia Especializada em Repressão a Roubos e Furtos (Derf) três dos quatro marginais que assaltaram e mantiveram refém a família - esposo e dois filhos - da delegada da Polícia Civil, Daniella Kades de Oliveira Garcia. O crime ocorreu no dia 11 de dezembro do ano passado, às 22h, no Bairro Carandá Bosque, em Campo Grande

Os responsáveis pelo crime foram Marllon Alves Cochev, 22 anos, Lucas Otávio Alves Correa, 20 anos, Walter Bergson Rabelo Júnior, 19 anos, conhecido como Frutinha, que estão presos. O quarto integrante do bando, Ewerton Araújo Roque, vulgo Vampirinho, encontra-se foragido.

O trio foi preso na semana do Natal depois de investigações que contaram com exame pericial papiloscópico do Instituto de Identificação. O primeiro a ser identificado foi Walter.

Ele foi detido no Bairro Novos Estados e tinha, em seu poder, os dois revólveres utilizados no roubo.

As investigações levaram à identificação de Ewerton, o Vampirinho, Marllon- preso na Vila Neusa - e Lucas, detido no seu local de trabalho, no centro de Campo Grande.

Assalto

De acordo com os policiais da Derf, consta que Walter estava em uma motocicleta tendo como passageiro Ewerton, que portava um revólver calibre 38.

Lucas e Marllon trafegavam em outra moto e carregavam uma arma de calibre 32.

Ewerton foi quem teria entrado na casa da vítima quando o portão estava se fechando. A casa da delegada, segundo confessaram, foi escolhida por acaso quando viram as vítimas entrando na residência.

Com a prisão, os policiais conseguiram recuperar joias que estava na casa de Lucas e a pistola da delegada.

Crimes

De acordo com a polícia, Marlon tem passagem por furtos, roubos e tráfico de drogas. Já Lucas, por roubo e constrangimento ilegal. Ewerton por roubos, ameaças, porte ilegal de arma, lesão corporal, tráfico de drogas e evasação de custódia legal. Walter, por sua vez, já foi preso por porte ilegal de arma, tentativa de homicídio, vários furtos e roubos, tráfico de drogas e evasão de custódia

Leia Também