Especial Coronavírus (COVID-19) - Leia notícias e saiba tudo sobre o assunto. Clique aqui.

Artilheiro do Italiano descobre lesão mais grave e preocupa seleção

Artilheiro do Italiano descobre lesão mais grave e preocupa seleção
11/01/2014 12:15 - FOLHAPRESS


O atacante Giuseppe Rossi, 26, da Fiorentina, descobriu neste fim de semana, nos EUA, que a lesão no seu joelho direito é pior do que o diagnóstico médico inicial detectou.
Ele viajou até uma clínica no Estado americano do Colorado e soube que machucou o ligamento colateral medial e sofreu um estresse no ligamento cruzado anterior do joelho direito, que já havia sido operado três vezes.

Ficará entre duas e três semanas em tratamento até nova avaliação. Domingo passado, a suspeita era apenas de uma torção sofrida na vitória por 1 a 0 sobre o Livorno, pela 18ª rodada do Campeonato Italiano. Ele já havia lesionado o mesmo joelho e se submetido a três cirurgias. Machucou-se em outubro de 2011 e, ao voltar após seis meses de afastamento, precisou de mais dez meses de recuperação e duas intervenções médicas.

Em 18 jogos do Italiano, marcou 14 gols, três a mais do que seu mais próximo perseguidor, o argentino Carlos Tévez, da líder Juventus. Na Liga Europa, balançou a rede uma vez em duas partidas. Nascido nos EUA, ele defendeu também Manchester United, Parma, Newcastle e Villarreal. Estreou na seleção italiana principal aos 21 anos. A Fiorentina, quarta colocada do Campeonato Italiano, já tinha perdido nesta temporada o centroavante alemão Mario Gómez, que trata uma lesão para voltar a tempo de jogar o Mundial no Brasil.
 

Felpuda


É grande a expectativa em torno de qual foi a justificativa de conhecida figura que beneficiou sujeito, e este, aproveitando a, digamos, boa vontade demonstrada, simplesmente “sumiu do mapa”. Órgão nacional pediu explicações para o “benfeitor”, e o prazo já venceu. Como as decisões por lá não ficam escondidas do distinto público, logo, logo, a curiosidade deverá ser contemplada. É esperar para conferir!