Fale conosco no WhatsApp

Por sua segurança, coloque seu nome e número de celular para contatar um assessor digital por Whatsapp.

terça, 19 de fevereiro de 2019 - 16h10min

Artesanato do interior na Casa do Artesão

18 AGO 10 - 05h:44
CRISTINA MEDEIROS

O artesanato das cidades de Aral Moreira e Ponta Porã estarão em exposição a partir de hoje, às 15h, na Casa do Artesão de Campo Grande (Avenida Calógeras, 2.050, centro). O evento integra o Projeto Exposições Temporárias 2010 da instituição cultural e permanecerá aberto até o dia 20 de setembro.
Idealizado a partir de fibras naturais, comuns no meio rural e adquiridas gratuitamente, o artesanato de Aral Moreira rende cestaria elaboradas a partir de variadas fibras. No ano pasado, a Fundação de Cultura de Mato Grosso do Sul promoveu no município oficinas de artesanato, que teve como público-alvo os usuários da Assistência Social.
A cestaria é a arte de trançar fibras produzidas por certos vegetais que apresentam uma série de características ligadas à textura das fibras utilizadas. As palhas de bananeira, milho e taboa são materiais macios, flexíveis, leves e bastante resistentes, ou seja, ideais para o trabalho de cestaria.
Em Ponta Porã, o Núcleo de Artesanato Arte de Ponta é voltado à recuperação, valorização e sustentabilidade do artesanato local, buscando valorizar a cultura fronteiriça e oferecendo nova opção de renda aos cidadãos ao resgatar técnicas regionais de tecelagem, bordado nhanduti e cestaria.
Os comentários abaixo são opiniões de leitores e não representam a opinião deste veículo.

Leia Também

Dica da semana: “A Vida é Bela”
VIA STREAMING

Dica da semana:
“A Vida é Bela”

Carne bovina é destaque na preferência do comércio internacional
EXPORTAÇÕES MS

Carne bovina é destaque na preferência do comércio internacional

Mais de 30% do milho segunda safra já foi plantado em MS
SAFRA 2019

Mais de 30% do milho segunda safra já foi plantado em MS

Em MS, alvo de operação foram projetos executados entre 2010 e 2013
BONECOS DO MUNDO

Projetos executados entre 2010 e 2013 foram alvos

Mais Lidas