Fale conosco no WhatsApp

Por sua segurança, coloque seu nome e número de celular para contatar um assessor digital por Whatsapp.

Arroz, feijão e bife ficaram mais caros

28 ABR 10 - 20h:10

ADRIANA MOLINA

 

O prato favorito do brasileiro − arroz, feijão e bife − ficou mais caro nos primerios três meses; em Campo Grande teve alta de 7,5%. Dados do Núcleo de Estudos e Pesquisas Econômicas e Sociais (Nepes) revelam que esses alimentos subiram, em média, 7,44%, 25% e 4,37% respectivamente.

No caso do arroz, dependendo da marca e qualidade, as variações no trimestre chegaram aos 16,63%. O pacote de cinco quilos, do tipo 1, marca Namorado, por exemplo, passou de R$ 8,48 em janeiro, para R$ 9,89 em março, conforme o Núcleo de Estudos. Com o feijão a situação foi semelhante. Embora a média de inflação do grão tenha sido de 25%, algumas marcas chegaram a subir 35,47%, como o da marca Campeão, tipo 1, que passou de R$ 1,72 para R$ 2,33 o pacote com um quilo.

Já os cortes mais utilizados para fazer bife, como o coxão mole, a alcatra e o patinho inflacionaram cerca de 4,34%, 3,77% e 5,02% respectivamente. Os valores do quilo dessas carnes alcançaram nos três primeiros meses de 2010 a marca de R$ 11,65 (no caso do coxão mole), R$ 12,94 (na alcatra) e R$ 10,88 (no patinho).

Justificativa

Segundo o coordenador da pesquisa, Celso Corrêa de Souza, as altas nos valores desses três alimentos, verificadas no trimestre pelo Índice de Preços ao Consumidor (IPC), justificam-se pelas mudanças no mercado nacional e internacional dos produtos. No caso da carne, a chegada da entressafra pecuária fez aumentar o valor da arroba do boi paga ao criador em 10% no trimestre − o que é automaticamente repassado ao consumidor final, em proporção dividida conforme o corte comercializado.

"Já o feijão subiu por causa da queda na produção. Como os preços ao produtor estavam baixos, muitos reduziram as lavouras. Isso, aliado ao excesso de chuvas nas regiões Sul e Sudeste e a seca no Norte e Nordeste, fez cair significativamente o montante produzido no Brasil, colocando em prática e lei da oferta e demanda", explica Souza.

As questões climáticas também foram responsáveis pela elevação do preço do arroz, que ainda teve parte da produção destinada à exportação, por conta de compromissos firmados, principalmente com a África, colaborando para a alta no mercado interno.

Os comentários abaixo são opiniões de leitores e não representam a opinião deste veículo.

Leia Também

Ovos mexidos cremosos serve para o café da manhã ou jantar
RECEITAS

Ovos mexidos cremosos serve para o café da manhã ou jantar

SAÚDE

Café pode ser um aliado na perda de peso

Estudo feito na Universidade da Inglaterra, analisou os efeitos de um copo de café
CIÊNCIA

Pesquisadores defendem abordagem personalizada para o envelhecimento

Estudiosos da Universidade do Arizona sugerem levar em conta todas as variáveis que impactaram a trajetória do paciente
Receita de flan de leite condensado com pêssego
SOBREMESA

Receita de flan de leite condensado com pêssego

Mais Lidas