Quinta, 22 de Fevereiro de 2018

TRIBUTOS

Arrecadação federal bate recorde

23 FEV 2011Por infomoney17h:45

A arrecadação de tributos federais atingiu R$ 91,07 bilhões no primeiro mês deste ano, o que representa crescimento em termos reais, descontado o IPCA (Índice de Preços ao Consumidor Amplo), de 15,34% frente ao mesmo período do ano passado.

O resultado foi o melhor para meses de janeiro e o segundo melhor da história, perdendo apenas para dezembro do ano passado, quando a arrecadação havia somado R$ 94,015 bilhões. A propósito, frente ao último mês de 2010, houve queda real de 3,13%.

Os dados foram divulgados hoje pela Receita Federal.

Tributos
A arrecadação do IPI (Imposto sobre Produtos Industrializados) de automóveis cresceu 113,17% em termos reais entre janeiro de 2010 e de 2011, para R$ 651 milhões, devido ao término da redução temporária das alíquotas, a partir de março do ano passado.

No caso do Imposto de Renda Pessoa Física, houve aumento de 42,25% na análise anual, para R$ 1,007 bilhão, o que é explicado, principalmente, pela expansão na arrecadação do item ganho de capital na alienação de bens, que subiu 123,18%.

O imposto de renda sobre residentes no exterior registrou aumento de 45,23%, para R$ 1,536 bilhão, decorrente do crescimento de 83,68% do imposto de renda incidente sobre juros remuneratórios sobre capital próprio emitidos a não residentes e de 73,12% do imposto sobre a renda e proventos de qualquer natureza, de residentes ou domiciliados no exterior.

Em relação ao IOF (Imposto sobre Operações Financeiras), houve alta de 14,05% na análise anual, para R$ 2,368 bilhões, principalmente por conta do aumento da alíquota nas liquidações de operações de câmbio para ingresso de recursos no país, realizadas por investidores estrangeiros.
 

Leia Também