sábado, 21 de julho de 2018

Arrecadação de impostos federais atinge R$ 137 mi

17 SET 2010Por 18h:58

VERA HALFEN

A arrecadação de impostos federais em Mato Grosso do Sul cresceu 31%, em agosto deste ano, em valores nominais, passando de R$ 104,6 milhões, no ano passado, para R$ 137,1 milhões no mesmo período. Os dados da arrecadação, divulgados ontem pela Receita Federal do Brasil, apontam que nos oito primeiros meses de 2010, o recolhimento aos cofres da União aumentaram 12,3%. O volume arrecadado em 2009 fechou em R$ 967,9 milhões, pulando para R$ 1,08 bilhão neste ano, no Estado.
Em agosto deste ano, o total arrecadado em Imposto de Renda foi de R$ 56,1 milhões; no mesmo período do ano passado chegou a R$ 45,5 milhões. A Cofins (Contribuição para o Financiamento da Seguridade Social) passou de R$ 31,2 milhões em 2009 para R$ 41,7 milhões neste ano. Também o PIS/Pasep elevou a contribuição de R$ 11,6 milhões para R$ 14,3 milhões. O IPI (Imposto sobre Produtos Industrializados) passou de R$ 3,8 milhões para R$ 4,3 milhões. O crescimento desses principais impostos chega a 26% em relação ao ano passado.
No País, a receita com tributos no período de janeiro a agosto é R$ 78 bilhões superior ao mesmo período do ano passado. Os dados da arrecadação divulgados pela Receita Federal mostram que de janeiro a agosto do ano passado as receitas somaram R$ 432,1 bilhões e saltaram para R$ 510,1 bilhões neste ano, número 12,59% maior.

Recorde
Em agosto, a arrecadação somou R$ 62,721 bilhões, resultado recorde para o mês. O volume foi 15,32% superior em termos reais (descontada a inflação pelo IPCA) ao verificado em agosto do ano passado. Comparado com julho de 2010, o resultado do mês passado foi 7,7% menor em termos reais. Em todos os meses deste ano, a arrecadação bateu seus recordes históricos.

Crescimento real
No resultado de agosto, a arrecadação administrada pela Receita Federal foi de R$ 61,2 bilhões, com alta real de 14,78% sobre agosto de 2009 e queda real de 4,70% sobre julho deste ano. As demais receitas somaram no mês passado R$ 1,499 bilhão, com alta real de 42,62% ante agosto de 2009 e queda real de 60,13% ante julho de 2010.

Leia Também