Especial Coronavírus (COVID-19) - Leia notícias e saiba tudo sobre o assunto. Clique aqui.

DESCOBERTA

Arqueólogos encontram esculturas do período asteca no México

Arqueólogos encontram esculturas do período asteca no México
30/03/2011 06:30 - Agência Brasil


Arqueólogos do Instituto Nacional de Antropologia e História do México localizaram cinco esculturas, datadas do período asteca de 1325 a 1521 d.C. As esculturas eram utilizadas como decoração nas fachadas do Templo Mayor - o principal santuário da antiga Tenochtitlán, a capital do império asteca.

O estado geral das esculturas em pedra varia de peças inteiras a apenas fragmentos. Os pesquisadores encontraram as obras durante escavações no centro histórico da Cidade do México. O crânio identificado pelos arqueólogos é o maior já encontrado nas imediações do período pré-hispânico.

Na área de descoberta, de um lado da catedral metropolitana, em uma das escavações - de 7,70 metros de largura por 12,20 metros de profundidade - estavam enterradas as peças, incluindo os restos de esculturas.

Felpuda


Dez vereadores da Capital mudaram de partido na tentativa de encarar a reeleição ou, dependendo do caso, disputar a vaga de vice-prefeito. Legendas foram “engordadas”, outras entraram em estado de inanição e outras ainda simplesmente sumiram do mapa. Que ninguém ouse perguntar a quem “trocou de camisa” qual a linha programática dos partidos em que agora estão filiados. Seria para eles, digamos, questão de pouca importância. Política tem dessas coisas...