Terça, 20 de Fevereiro de 2018

MERCADO

Argentinos esperam inflação de 34% nos próximos 12 meses

15 NOV 2010Por PORTAL TERRA15h:51

Os argentinos esperavam uma leve alta na taxa de inflação nos próximos 12 meses para 34%, segundo relatório independente, e continuam muito acima da medição oficial dos preços ao consumidor. 

A expectativa aumentou sobre os 33,7% esperados em outubro, mostrou nesta segunda-feira um relatório do Centro de Investigação de Finanças (CIF, em espanhol) da Universidade Torcuato Di Tella. 

A mediana das expectativas para a inflação para os próximos doze meses ficou em 30%. "A inflação esperada pelo setor de maior poder aquisitivo da população subiu de 25% para 30%, enquanto a do estrato mais pobre continua em 30%", disse Guido Sandleris, diretor do CIF. 

Segundo analistas do setor privado, 2010 terminará com uma inflação real de cerca de 30%, mas o governo afirma que nos dez primeiros meses do ano os preços subiram apenas 9,2%.

Os indicadores oficiais da Argentina são questionados por analistas, opositores e até funcionários das entidades que os elaboram, por considerarem que o governo manipula os dados para obter vantagens políticas e financeiras. 

A pesquisa sobre as expectativas de inflação foi elaborada entre 1 e 10 de novembro pela consultoria Poliarquía com 1.210 pessoas em todo o país.  

Leia Também