Fale conosco no WhatsApp

Por sua segurança, coloque seu nome e número de celular para contatar um assessor digital por Whatsapp.

Campo Grande - MS, sábado, 17 de novembro de 2018

eliminatórias da copa

Argentina supera Paraguai e vira líder

8 SET 2012Por terra00h:00

Brigando para assumir a liderança das Eliminatórias Sul-Americanas, a Argentina recebeu no Estádio Mario alberto Kempes, em Córdoba, o Paraguai, vice-lanterna da fase classificatória da Copa do Mundo de 2014. Sem o mesmo brilho das últimas apresentações, quando superou Brasil e Alemanha em amistosos, os argentinos foram consistentes e venceram com tranquilidade por 3 a 1, gols de Di María, Higuaín, Messi e Fabbro, e foram aos 13 pontos na tabela, superando o Chile e tomando a primeira colocação.

Os argentinos não demoraram para tomar a frente no marcador e o fizeram no primeiro ataque que teve uma finalização em direção ao gol. Em uma jogada de velocidade pelo lado direito do ataque, a Argentina chegou com velocidade até a intermediária, mas não conseguiu um cruzamento para área. A bola, porém, sobrou na meia-lua para Di María, que finalizou colocado e contou com desvio nas costas de Lavezzi para balançar as redes de Villar aos 3min.

Sem grandes emoções, as equipes travaram um duelo no meio de campo, já que nenhuma das seleções conseguia atacar e levar perigo à meta dos adversários. Aos 18min, porém, o Paraguai arriscou um cruzamento da lateral direita, mas o volante Braña afastou após dominar com a mão. Wilson Luis Seneme viu a infração e marcou o pênalti, convertido pelo meia Fabbro.

Insatisfeita com o placar, a Argentina foi para cima e conseguiu retomar a vantagem após mais um lance confuso. Di María tentou passe em profunidade para Messi que foi cortado pela defesa paraguaia. Oportunista, Higuaín acabou recebendo a sobra dentro da área e chutou cruzado para recolocar os donos da casa à frente aos 30min.

Aos 2min do segundo tempo, Messi domingouna entrada da área, se livrou de dois marcadores e finalizou com a sua característica cavadinha sobre Villar. Por um detalhe, a bola bateu na trave e voltou para o camisa 10 argentino, já marcado e sem espaço para fazer o gol.

O melhor jogador do mundo deixiaria sua marca 17 minutos depois, após bela cobrança de falta da intermediária que tocou novamente na trave de Villar, desta sem impedir que a bola entrasse. Satisfeitos com o resultado, os argentinos passaram a trocar mais passes e impediram uma reação paraguaia.

Na próxima terça-feira, a Argentina vai ao Estádio Nacional de Lima, onde encara o Peru pela oitava rodada das Eliminatórias. O Paraguai, por sua vez, recebe no Estádio Defensores del Chaco a Venezuela.

Os comentários abaixo são opiniões de leitores e não representam a opinião deste veículo.

Leia Também