Segunda, 19 de Fevereiro de 2018

Sub-20

Argentina joga a toalha; Uruguai triunfa sobre maior rival

10 FEV 2011Por Terra14h:16

Desolação de um lado, festa antecipada do outro. A vitória por 1 a 0 na última quarta-feira em Arequipa, pelo Sul-Americano Sub-20, garantiu ao Uruguai a volta a uma Olimpíada após 84 anos de ausência e ainda praticamente acabou com as chances da Argentina, sua maior rival no futebol, ir para os Jogos de Londres.

O técnico Walter Perazzo já jogou a toalha. Precisando tirar uma diferença de três pontos e um saldo de gols de seis para o Brasil na última rodada, o treinador argentino falou que vai começar a preparar o time para o Mundial da categoria, que será disputado a partir de julho na Colômbia.

"Hoje (quarta-feira) a equipe não jogou bem e isso nos machuca, porque precisávamos do triunfo. Infelizmente, ir aos Jogos Olímpicos não depende mais de nós. Só nos resta trabalhar no que será a participação da Argentina no Mundial", disse o treinador, que antes prepara o time para a despedida do torneio contra a Colômbia, no sábado.

Perazzo ainda teve que ouvir ironia do técnico rival Juan Verzeri. Eufórico pela classificação aos Jogos e pela possibilidade de ser campeão da categoria com um empate contra o Brasil, no sábado, o uruguaio ainda disse que praticamente eliminar a Argentina tem um sabor mais especial.

"Sabíamos que superar duas potências mundiais como Brasil ou Argentina não era fácil. Mas hoje conseguimos e estamos muito honrados de entrar nos livros da história do futebol uruguaio. E, sem dúvida, ganhar da Argentina é uma vitória que se saboreia mais", disse.

Herói da partida que dará ao Uruguai a primeira chance de buscar o tricampeonato olímpico (o país foi campeão em 1924 e 1928),Vecino disse que não sabia o que fazer na hora em que marcou o gol. E que viveu a maior alegria de sua vida no futebol.

"Não sabia para onde correr para festejar. Eu já havia dito que vestir a camisa do Uruguai era o mais maravilhoso presente que tinha acontecido na minha vida. E agora fiz este gol que entrará na história, não sei mais do que dizer", completou.

Comemoração brasileira

Pelo lado brasileiro, a vitória uruguaia também teve sabor especial. Além de ajudar na briga por uma vaga olímpica, o atacante Diego Maurício não perdeu a chance de cutucar a Argentina ao dizer que estava feliz pelos rivais estarem quase fora da Olimpíada.

Leia Também