Especial Coronavírus (COVID-19) - Leia notícias e saiba tudo sobre o assunto. Clique aqui.

CORRUPÇÃO

Argentina e Venezuela estão entre países com maior impunidade, diz ONG

Argentina e Venezuela estão entre países com maior impunidade, diz ONG
21/01/2014 23:00 - FOLHA PRESS


A Argentina é um dos países com maior índice de impunidade política, segundo relatório da ONG The World Justice Project, perdendo apenas para a Venezuela na América Latina.
De um ranking com 97 posições, o país aparece em 92º lugar, com um índice de 0,26. A Venezuela é a última colocada, e o Brasil ficou em 65º. Na América Latina, os países mais bem posicionados são Uruguai (21º) e Chile (26º).

A lista da ONG é feito com base na quantidade de funcionários públicos processados por irregularidade ou ações incompatíveis com seus cargos. Para o resultado final foram feitas entrevistas com 300 especialistas de diversas áreas de cada um dos 97 países e também foi realizada uma pesquisa com a população.

Nos últimos dez anos, apenas uma ex-funcionária do governo foi condenada por corrupção: Felisa Miceli. A ex-ministra da Economia no governo de Néstor Kirchner foi condenada a quatro anos de prisão em um processo que teve início em 2007, quando uma bolsa com 100 mil pesos e US$ 31.670 foi encontrada em seu gabinete. Ela recorre em liberdade.

No ano passado, o ex-presidente Carlos Menem também foi condenado a sete anos de prisão pelo contrabando de armas ao Equador e à Croácia durante seu mandato. Menem não foi preso porque é senador e tem imunidade parlamentar até 2017.
 

Felpuda


Figurinha começou a respirar aliviada, embora ainda esteja na corda bamba. Isso porque mudou de mãos o processo cuja sentença poderá mandá-la para casa definitivamente. Assim, pela “jurisprudência” com a qual o “analista” é conhecido, pode ser que o resultado seja bastante favorável, permitindo que a então desesperada pessoa continue com o assento em Brasília. Vamos ver!