Fale conosco no WhatsApp

Por sua segurança, coloque seu nome e número de celular para contatar um assessor digital por Whatsapp.

Argentina e Coreia disputam vaga nas oitavas de final

17 JUN 10 - 06h:46
Johannesburgo, África do Sul

Depois de uma vitória pouco convincente na estreia, quando sofreu para derrotar a Nigéria por 1 a 0, a Argentina disputa a liderança do grupo B da Copa do Mundo hoje, às 7h30min (MS), no Estádio Soccer City, em Johannesburgo, diante da Coreia do Sul, pela segunda rodada da competição. Os sul-coreanos, ao contrário dos argentinos, surpreenderam favoravelmente na estreia, quando venceram a Grécia por 2 a 0 com autoridade. O ganhador desta partida estará classificado para as oitavas de final.
Uma curiosidade do confronto é que os dois treinadores se enfrentaram quando jogadores na Copa do Mundo de 1886, disputada no México. Diego Maradona conduziu a Argentina a vencer por 3 a 1 os sul-coreanos do volante Huh Jung Moo, atual treinador do representante asiático. Na véspera do jogo, Dieguito brincou dizendo que, naquela ocasião, o técnico coreano lhe deu duas entradas violentas.
Para este compromisso, a Argentina terá um desfalque importante, pois não poderá contar com o meia Verón, vetado por conta de dores na panturrilha direita. Maxi Rodríguez será o seu substituto.
Pelo lado da Coreia do Sul, o técnico Huh Jung Moo, sem maiores problemas, vai manter a escalação que venceu na estreia. Ele considera possível superar os argentinos, mesmo reconhecendo as qualidades do rival.
Os comentários abaixo são opiniões de leitores e não representam a opinião deste veículo.

Leia Também

Projeto leva arterapia para internos <br>do Instituto Penal e da Máxima
ARTE QUE REEDUCA

Projeto leva arterapia para internos do Penal e da Máxima

Previsão do Inmet aponta para chegada de frente fria a MS
TEMPO

Previsão do Inmet aponta para chegada de frente fria a MS

Equipe dos EUA virá ao Brasil em junho para inspecionar frigoríficos
CARNE BOVINA E SUÍNA

Equipe dos EUA virá ao Brasil inspecionar frigoríficos

CICLONE CAUSOU DESTRUIÇÃO

Brasil vai repassar 100 mil euros para ajudar Moçambique

Mais Lidas