Fale conosco no WhatsApp

Por sua segurança, coloque seu nome e número de celular para contatar um assessor digital por Whatsapp.

terça, 19 de fevereiro de 2019 - 22h19min

“Arapongagem” leva prefeito a romper com dirigentes

4 MAR 10 - 05h:57
Irritado por ter sido vítima de “arapongagem” – com a gravação de reunião ocorrida no último sábado –, o prefeito de Campo Grande, Nelsinho Trad, afirmou que não negociará mais com a atual diretoria do Sindicato dos Trabalhadores em Saúde Pública, Previdência e Assistência Social (Sintesp). Qualquer conversa sobre reajuste deverá ser com o secretário municipal de Administração, Jorge Martins. “Foi uma quebra de confiança. Não me comunicar que a conversa estava sendo gravada é um desrespeito. Não tenho nada a esconder – tudo que falei para eles digo novamente, mas considero este um ato de desrespeito”, declarou. A reunião, ocorrida no gabinete do prefeito, foi para reivindicar reposição salarial de 60%. No entanto, integrantes do Sintesp, dias antes, já haviam votado por paralisação na terça-feira, que de fato aconteceu. A antecipação da decisão de cruzar os braços antes da conversa com o prefeito fez com que as negociações fossem suspensas. “Estamos no período de combate à dengue e não há como parar a cidade para pedir aumento agora, já que a data-base é somente em maio”, explicou Nelsinho Trad, na ocasião. Trabalho Pelo segundo dia, agentes de saúde, comunitários e epidemiológicos reuniram-se em frente ao Paço Municipal para pressionar a prefeitura a conceder o reajuste no valor das gratificações, hoje de R$ 144 a R$ 252. Hoje, a manifestação será na Câmara de Vereadores e os representantes devem usar a tribuna para falar sobre a situação dos trabalhadores. Com a greve, por dia, deixam de ser recolhidos das casas cerca de 200 quilos de materiais que acumulam água e podem se tornar criadouros do mosquito da dengue, além da diminuição da aplicação de inseticidas. A cidade vive epidemia da doença e o número de casos notificados ultrapassou os 18 mil.
Os comentários abaixo são opiniões de leitores e não representam a opinião deste veículo.

Leia Também

CRISE NO GOVERNO

Contra crise, Bolsonaro pede que equipe trate Bebianno como 'página virada'

FUTEBOL 2019

Elenco do Fluminense faz greve e não treina em protesto por falta de salários

BRASIL

Pacote anticrime não atrapalha andamento da reforma da Previdência, diz Moro

CRISE NO GOVERNO

Exonerado, Bebianno retira foto com Bolsonaro em rede social

Mais Lidas