Terça, 12 de Dezembro de 2017

POLÍTICA AGRÍCOLA

Aprosoja defende reformas urgentes

16 FEV 2014Por DA REDAÇÃO00h:00

Atuar focada na implementação das reformas estruturantes urgentes, como nas questões tributária, na política agrícola e na logística, potencializando assim a competitividade e fortalecendo relações com entidades públicas e privadas. Este foi o compromisso assumido pelo novo presidente da Associação dos Produtores de Soja de Mato Grosso do Sul (Aprosoja/MS), Mauricio Saito, durante sua posse oficial ontem (15), na sede da Federação da Agricultura e Pecuária de MS (Sistema Famasul).

De acordo com Saito, a Aprosoja/MS manterá o diálogo constante com a Fundação Chapadão, Fundação MS e a Empresa Brasileira de Pesquisa Agropecuária (Embrapa), trabalhando como interlocutora entre estas entidades de pesquisa e o Governo Federal e Estadual. “Nosso objetivo é de que o setor seja prontamente atendido em suas demandas. As ações da Aprosoja/MS estão voltadas para a excelência na pesquisa e na difusão de tecnologia aos produtores rurais do Estado”, afirmou Saito ao ser empossado.

As invasões em propriedades privadas do Estado também foram abordadas por todas as autoridades durante a cerimônia de posse. “Os laudos voltam a ser questionados porque foram elaborados pela Funai e o Incra, não tem validade”, afirmou o governador André Puccinelli, fazendo referência aos estudos de valoração das terras invadidas. “A Justiça é igual para todos, mesmo que o Ministério Público diga que índio não é brasileiro, para mim são brasileiros”, provocou Puccinelli.  

Leia Também