Apple pode lançar serviço de música para competir com Spotify

Apple pode lançar serviço de música para competir com Spotify
09/09/2012 03:00 - terra


Circulam rumores de que a Apple está preparando um serviço de streaming de músicas que irá competir com as plataformas Spotify e Pandora. A empresa já negocia com gravadoras e selos musicais para viabilizar a nova empreitada, noticiou o New Musical Express, citando informações do Wall Street Journal.

Enquanto Spotify e Pandora limitam o número de vezes que o usuário pode reproduzir determinada faixa, a ideia da Apple seria fazer um acordo de licensiamento mais flexível. Ainda não se sabe se o serviço da criadora do iTunes terá uma versão gratuita ou se só estará disponível para assinantes.

Spotify e Pandora oferecem versões gratuitas de seus serviços de reprodução de música, no qual incluem publicidade. Essa é uma possibilidade para o novo projeto da Apple mas, nesse caso, não há definição se a companhia irá dividir a receita gerada pela publicidade com os selos e gravadoras, ou se fechará pacotes de licensiamento.

Segundo o NME, é bastante provável que a Apple vá extender a novidade a aplicativos para seus dispositivos móveis iPhone e iPad, e pode ser que os usuários que já tem conta no iTunes possam acessar o serviço de streaming com os mesmos dados de login.

Ainda não há previsão de lançamento do serviço, que também não deverá ser anunciado junto com o iPhone 5.
 

smaple image

Fique por dentro

Fique sempre bem informado com as notícias mais importantes do MS, do Brasil e do mundo, direto no seu e-mail.

Quero Receber

Felpuda


Princípio de "rebelião" política no interior de MS, fomentada por grupo interessado em tomar o poder, não prosperou. Quem deveria assumir o "comando da refrega", descobriu que, além da matemática ser ciência exata, há "prova dos nove". Explica-se: é segunda suplente, pois não conseguiu votos necessários nas últimas eleições, mas assumiu o cargo porque a titular licenciou-se, assim como o primeiro suplente. Caso contrarie a cúpula, seria aplicada a tal prova e, assim, "noves fora, nada".