Campo Grande - MS, domingo, 19 de agosto de 2018

Manipulação

Apple explica rastreamento do iPhone

29 ABR 2011Por itweb05h:00

A Apple respondeu à controvérsia que pairava sobre sua manipulação dos dados de localização no iPhone na terça-feira (26//04) e negou rastrear o paradeiro dos usuários do dispositivo. A empresa atribuiu o volume de dados armazenados a uma falha do software e se comprometeu a criptografar os dados no seu smartphone enquanto elimina os backups, numa atualização de software que esta por fazer.

A explicação da empresa chega na sequência de uma carta de inquérito enviada no dia 25 de abril pelo House Energy and Commerce Committee (Comitê de Energia e Comércio) para o CEO, Steve Jobs. A carta pede uma explicação sobre a política de dados de localização da Apple, resultado das notícias na imprensa sobre o presença de nos iPhones.

Embora o relatório tenha sido subsequentemente revelado como notícia antiga na comunidade forense, a questão continua a causar dúvidas frente à ausência de uma resposta clara e abrangente da empresa. Uma ação judicial acusando a Apple de violar leis de privacidade e fraude em informática por meio de suas práticas de dados de localização foi arquivada na Flórida na semana passada.

A empresa assume alguma culpa pela situação, afirmando em uma nota postada em seu site no dia 27 de abril que “os criadores da nova tecnologia (incluindo a Apple) não forneceram esclarecimentos suficientes sobre estas questões”.

Repudiando qualquer interesse em rastrear a localização de iPhones, a empresa descreveu sua coleta de dados como uma tentativa de construir um banco de origem de hotspots Wi-Fi e torres de celular para acelerar os cálculos de localização, que são úteis em apps que utilizam o serviço e nas funções do telefone.

Para remediar a situação, a empresa prometeu lançar uma atualização do iOs em algumas semanas, reduzindo a base de dados de origem, assim o armazenamento de passará a ser de sete dias, em vez de um ano, ela também deixa de fazer o backup dos dados do iTunes e exclui o cache quando a opção Location Services está desativada.

Leia Também