Especial Coronavírus (COVID-19) - Leia notícias e saiba tudo sobre o assunto. Clique aqui.

ECONOMIA

Aposentados movem ação na Justiça para rever valores

Aposentados movem ação na Justiça para rever valores
04/07/2010 00:37 -


Aposentados entre os anos de 1988 e 1995 podem ter direito a até 22% de aumento no valor do benefício. Na época, as aposentadorias concedidas por tempo de serviço não estavam sujeitas ao fator previdenciário, cáculo que estimula os brasileiros a aposentarem-se mais tarde. A Federação das Associações de Aposentados, que pedirá revisão na Justiça, estima que entre 1,5 mil e 3,5 mil sul-mato-grossenses tenham direito ao reajuste por causa de mal-entendido na concessão de benefícios.
Na época, quem se aposentou com 30 anos de trabalho, por exemplo, antes do tempo estabelecido pelo governo, recebia 70% do que tinha direito. “Não ficou explicado se esse 70% era sobre o teto ou sobre a média do valor dos rendimentos”, explica o presidente da federação, Alcides dos Santos Ribeiro.
Agora, a exemplo de órgãos em outros estados, a instituição convoca aposentados nessa situação para receber na Justiça a diferença, que pode chegar a 22%. “Cada caso é um caso”, avisa Ribeiro. Até a última sexta-feira, cerca de 80 pessoas inscreveram-se para pedir revisão. Não há custos judiciais, mas, se o advogado contratado ganhar a causa, fica com 20% do valor total. (CHB)

Felpuda


Considerados “traíras” por terem abandonado o barco diante dos indícios da chegada da borrasca à antiga liderança, alguns pré-candidatos terão de se esforçar para escapar da, digamos assim, vingança, velha conhecida da dita figurinha. Dizem por aí que há promessas nesse sentido, para que os resultados dos “vira-casacas” nas urnas sejam pífios. Sabe aquela velha máxima: “Pisa. Mas, quando eu levantar, corre!” Pois é...