Especial Coronavírus (COVID-19) - Leia notícias e saiba tudo sobre o assunto. Clique aqui.

Aposentado fica à beira da morte após levar mordida de gato

Aposentado fica à beira da morte após levar mordida de gato
04/02/2014 20:00 - R7


O aposentado Paul Gaylord, 61 anos, contraiu uma doença rara, conhecida como peste bubônica (peste negra), após ser mordido por um gato de rua, em Oregon, nos Estados Unidos. As informações são do site Daily Mail

Gaylord lembra que ficou à beira da morte após contrair todas as três formas mortais da peste bubônica.

— Meu médico disse que eu tinha desenvolvido os três estágios da praga: bubônica (a forma menos letal, que infecta o sistema linfático), pneumônica (que infecta os pulmões) e septicémica (na corrente sanguínea). Algumas pessoas sobreviveram à peste bubônica, mas não as três.

O homem passou quase um mês na UTI (Unidade de Terapia Intensiva), enquanto seu corpo lutava para combater a doença mortal. Gaylord foi infectado em junho de 2013 quando tentou remover um rato da garganta de um gato. Em 48 horas, ele começou a apresentar sintomas de gripe. Logo depois, sua pele começou a ficar cinza e as glândulas embaixo dos braços incharam "quase tão grandes como um limão".

Por causa da peste, o homem teve parte dos dedos das mãos amputadas. Soldador aposentado, agora ele passa a maior parte de seu tempo livre fazendo facas na garagem da sua casa.

Felpuda


Prefeitura de município do interior de MS recebeu recomendação do Ministério Público do Estado no sentido de exonerar servidores comissionados, livres do cartão de ponto, que são parentes de secretários da administração e de vereadores. O nepotismo se tornou um excelente “negócio” por lá, e se até o dia 6 de agosto as devidas providências não forem tomadas, medidas serão adotadas, como ação por improbidade administrativa. Tem gente que não aprende mesmo, né?