Fale conosco no WhatsApp

Por sua segurança, coloque seu nome e número de celular para contatar um assessor digital por Whatsapp.

Campo Grande - MS, quinta, 22 de novembro de 2018

Após troca de reféns, índios aguardam reunião com representantes da Funai

26 JUL 2010Por 10h:10
     

Os cerca de 300 índios que ocupam a entrada do canteiro de obras da Usina Hidrelétrica de Dardanelos, na cidade Aripuanã (MT), aguardam uma reunião ainda hoje (26) com representantes da Fundação Nacional do Índio (Funai). O órgão, entretanto, ainda não confirma o encontro.

Na noite de ontem (25), os índios aceitaram trocar os cerca de 100 trabalhadores mantidos reféns por cinco funcionários da empresa Águas da Pedra, responsável pelas obras. O local foi ocupado por volta das 5h da manhã.

De acordo com a Funai, os índios reivindicam ações de reparação porque a hidrelétrica está sendo construída em cima de um cemitério sagrado. Já a empresa alega que os índios pedem condições sociais melhores, como acesso à educação e saúde, melhoria das estradas de acesso às aldeias e inclusão no Programa Luz para Todos.

A Águas da Pedra garante que o impacto ambiental da hidrelétrica será baixo e que os índios não seriam atingidos diretamente pela obra, uma vez que a aldeia mais próxima fica a 42 quilômetros de distância.

A conclusão das obras da Usina Hidrelétrica de Dardanelos está prevista para o fim deste ano.

Os comentários abaixo são opiniões de leitores e não representam a opinião deste veículo.

Leia Também