Sábado, 24 de Fevereiro de 2018

FUTEBOL

Após resultados ruins, Corumbaense se reúne para 'lavar a roupa suja'

9 NOV 2010Por DIÁRIO ONLINE07h:57

O  Corumbaense conquistou apenas 3 dos 9 pontos possíveis em três jogos da Copa Pantanal MS. Foram duas derrotas, 5 gols marcados e 7 sofridos. Ao contrário do que aconteceu contra o Cene, quando o time perdeu, mas saiu de campo fortalecido em função do bom futebol apresentado, a derrota de domingo, para o Maracaju, gerou um mal-estar no clube. Nesta segunda-feira, os treinos leves que normalmente acontecem após os jogos foram substituídos por uma longa reunião entre jogadores, comissão técnica e diretores do Carijó da Avenida.

“Serviu para lavar a roupa suja, coisas internas da gente”, resumiu o atacante e capitão do time, Tuia. A informação foi confirmada pelo presidente do Corumbaense, Francisco Vieira Neto, e pelo gerente de futebol, Wagner Pereira. “Foi um encontro bastante frutífero”, disseram os dois. Ambos também negaram qualquer mudança no time neste momento.

Segundo o técnico Cláudio Mineiro, estas reuniões fazem parte da rotina de todos os clubes de futebol. “É uma coisa de cotidiano, sobre problemas nossos que tinham que ser resolvidos dentro do clube. Agora vamos reiniciar o trabalho com tranquilidade”, afirmou ao Diário. Sobre a derrota para o Mac, o treinador foi sucinto. “Perdemos porque não jogamos nada. O time não se encontrou em campo”, resumiu.

Para a partida contra a Portuguesa, no próximo sábado, Mineiro terá a volta do volante Paulo, que cumpriu suspensão após expulsão contra o Cene. Em compensação, Fábio Buru recebeu o vermelho na última rodada e desfalca a equipe. “Nem eu entendi o que aconteceu. Recebi um carrinho por trás e, quando levantei, o juiz me deu o vermelho direto”, contou. Ele foi expulso poucos minutos depois de Andrinho, do Maracaju, também receber o vermelho.

Já com 3 passagens pelo alvinegro pantaneiro, Buru acredita na reabilitação do time dentro da Copinha. “Não sei explicar o que aconteceu. Houve falhas do time, mas temos um grupo bom, vencedor e que vai conseguir superar tudo isso”, comentou. Hoje, amanhã e depois o elenco treina em dois períodos. Na sexta-feira, um coletivo apronto está marcado para a manhã.

Má fase

Principal reforço do Corumbaense para a Copa MS, Alex Cruz ainda não conseguiu desencantar na competição. “Não tem explicação. É a minha fase, a fase do grupo. Essa (derrota) de domingo foi difícil de aceitar”, disse o jogador ao Diário. “No primeiro jogo, faltou um pouco de ritmo. No segundo, teve o fator do campo ruim. Contra o Maracaju, senti uma dor na coxa direita logo na terceira vez que toquei na bola. No calor do jogo, optei por continuar em campo”, confidenciou o atacante.

Companheiro de Alex no ataque, Tuia também lamentou a falta de oportunidades, mas garantiu que todo o elenco está focado na competição, que vale uma vaga para a Série D do Campeonato Brasileiro de 2011. “Temos 5 jogos pela frente, temos que ganhar todos e torcer pelos tropeços do Cene e do Maracaju”, concluiu.

Leia Também