Campo Grande - MS, sábado, 18 de agosto de 2018

SEM BLOQUEIO

Após quatro anos, Egito reabre fronteira com a Faixa de Gaza

28 MAI 2011Por AGÊNCIA BRASIL10h:55

O Egito abriu hoje (28) a passagem de Rafah, que liga à Faixa de Gaza, cancelando o bloqueio que impôs ao território palestino nos últimos quatro anos, desde que o Hamas tomou o controle da região.

Logo depois da abertura da passagem de Rafah, centenas de palestinos da Faixa de Gaza cruzaram a fronteira em direção ao Egito.

A medida do governo egípcio, que foi fortemente criticada por Israel, ocorre cerca de três meses depois que Hosni Murabak deixou a Presidência do Egito, depois de quase 30 anos no poder.

O governo israelense ainda acredita que armas possam ser levadas para dentro de Gaza por meio da fronteira egípcia, mas o Egito insiste que irá revistar todas as pessoas que passarem pela divisa.

O correspondente da BBC em Gaza, Jon Donnison, afirma que a decisão de reabrir a passagem de Rafah é simbolicamente importante, representando mais um sinal de que a nova liderança egípcia está mudando a dinâmica do Oriente Médio.

Mesmo com as preocupações de Israel quanto à segurança, Donnison diz que, com eleições presidenciais previstas para o Egito, a mudança de postura provavelmente será popular perante ao público simpático à causa palestina.

A passagem de Gaza para o Egito será livre para mulheres de todas as idades e para homens até 18 anos e acima de 40 anos.

Homens de idades entre 18anos e 40 anos terão que obter um visto que será emitido pelo consulado egípcio em Ramallah, na Cisjordânia.

Segundo as autoridades egípcias, a fronteira permanecerá aberta todos os dias a partir de hoje, das 9h às 17h, exceto nas sextas-feiras e em feriados religiosos.

Leia Também