Campo Grande - MS, quarta, 22 de agosto de 2018

TEMPO

Após quase 40 dias, volta a chover na Capital

7 JUN 2011Por DA REDAÇÃO06h:09

Após 37 dias de estiagem - o mês de maio foi o mais seco desde 2006 - voltou a chover em Campo Grande na madrugada desta terça-feira (07). A baixa umidade do ar estava causando diversos problemas, como o aumento do número de pacientes com problemas respiratórios nas principais clínicas e hospitais particulares da Capital.

O Instituto Nacional de Meteorologia (Inmet) prevê chuva em Campo Grande de hoje até quinta-feira, com temperatura variando de 23°C a  27C° e mínima de 14°C a 18C°.

Já o Climatempo prevê que a chuva deve continuar também até quinta-feira e com temperatura máxima variando, até aquela data, de 21ºC a 26ºC enquanto a mínima de 12ºC a 18ºC.

Com a seca, os mais prejudicados eram as crianças e idosos. Reportagem publicada no jornal Correio do Estado, no dia 03 deste mês, mostrava que no Proncor (até aquela data) cerca de 25 atendimentos diários eram feitos em pessoas com problemas respiratórios e que buscavam inalação. O aumento foi de 50% em relação ao mês anterior. .

No Hospital do Coração (antiga Clínica Campo Grande), o aumento estimado na procura por atendimentos desse tipo e de inalações foi de 80%. Especializado em pediatria, o Hospital da Criança registrou pelo menos 30% de crescimento na procura de pacientes com problemas respiratórios durante o mês de maio.

A rede pública ainda não havia compilados os dados referentes a atendimentos a pacientes com problemas respiratórios, mas a Secretaria Municipal de Saúde (Sesau) adianta que o número de pacientes aumentou no último mês.

 

 

 

 

Os comentários abaixo são opiniões de leitores e não representam a opinião deste veículo.

Leia Também