Campo Grande - MS, segunda, 20 de agosto de 2018

Após pressão de manifestantes, julgamento do prefeito de Coronel Sapucaia é adiado para amanhã

29 JUN 2009Por 22h:22
     

        Karine Cortez

         

Centenas de eleitores do município de Coronel Sapucaia protestaram hoje na frente do Tribunal Regional Eleitoral (TRE) pela cassação do mandato do prefeito Rudi Paetzold (PMDB) e seu vice, Aldacir Antônio da Silva Cardinal (PDT), acusados pelo Ministério Público de compra de votos. Eles foram condenados pelo juiz de primeira instância e só estão no cargo por força de liminar.

        À tarde, os manifestantes acompanharam o julgamento no plenário. Mas saíram frustrados com o pedido de vistas feito pelo juiz Ary Raghiant Neto. O grupo chegou na Capital por volta das 6h e seguiram de volta à cidade de origem às 18h30min após o adiamento do julgamento.

Leia Também