Fale conosco no WhatsApp

Por sua segurança, coloque seu nome e número de celular para contatar um assessor digital por Whatsapp.

Campo Grande - MS, terça, 20 de novembro de 2018

Após pressão, André desiste de cortar repasse do duodécimo aos poderes

19 JUN 2009Por 23h:01
     

Lidiane Kober

 

A Lei de Diretrizes Orçamentárias (LDO) deve chegar na próxima terça-feira à Assembleia Legislativa, sem corte no repasse do duodécimo aos poderes. No final de maio, os presidentes do Legislativo, Tribunal de Justiça, de Contas e Defensoria Pública procuraram o governador André Puccinelli (PMDB) para pedir aumento dos respectivos duodécimos, porém, ele afastou o reajuste e chegou a ameaçar a reduzir os índices.

Dos R$ 7,4 bilhões do Orçamento de 2009 do Estado, R$ 788,4 milhões serão destinados aos poderes, contudo, os presidentes dos órgãos alegam que o montante não será suficiente para garantir o pagamento do reajuste salarial do funcionalismo público.

Os comentários abaixo são opiniões de leitores e não representam a opinião deste veículo.

Leia Também