CAMPO GRANDE

Após perseguição, policial salva vítima de sequestro

Após perseguição, policial salva vítima de sequestro
28/06/2012 09:05 - TARYNE ZOTTINO


Uma mulher de 23 anos foi vítima de sequestro relâmpago por volta das 20h15min de ontem (27), em frente a um posto de combustíveis no Bairro Coronel Antonino, em Campo Grande. Conforme a Polícia Civil, ela estava dentro de sua caminhonete Toyota Hilux, estacionada em frente ao local, quando foi abordada por dois homens, entre 23 e 30 anos, que entraram no veículo. Um deles estava armado e anunciou o roubo, assumindo a direção da caminhonete.

A dupla seguiu então por vários bairros que a vítima afirma desconhecer. No trajeto, um policial civil que dirigia um veículo Logan percebeu que podia se tratar de um roubo e passou a seguir os bandidos. Os homens notaram que estavam sendo perseguidos e começaram a fugir, até que nas proximidades do frigorífico JBS, abandonaram o veículo e a vítima.

O policial da Delegacia Especializada de Furtos e Roubos de Veículos (Defurv), que já havia acionado reforços, constatou que a vítima estava bem. Os autores do crime não foram encontrados. Segundo a mulher, durante toda a ação, os bandidos usaram o celular dela e um que pertencia a eles para fazer diversas ligações. Porém, antes de abandonar o veículo, a dupla apagou os registros das chamadas.  

smaple image

Fique por dentro

Fique sempre bem informado com as notícias mais importantes do MS, do Brasil e do mundo, direto no seu e-mail.

Quero Receber

Felpuda


Princípio de "rebelião" política no interior de MS, fomentada por grupo interessado em tomar o poder, não prosperou. Quem deveria assumir o "comando da refrega", descobriu que, além da matemática ser ciência exata, há "prova dos nove". Explica-se: é segunda suplente, pois não conseguiu votos necessários nas últimas eleições, mas assumiu o cargo porque a titular licenciou-se, assim como o primeiro suplente. Caso contrarie a cúpula, seria aplicada a tal prova e, assim, "noves fora, nada".