Campo Grande - MS, domingo, 19 de agosto de 2018

Após pagamento de abono, prisão de secretária é revogada

12 JUL 2008Por 09h:30
     

                         

                         

                        

O desembargador Rêmolo Letteriello que decretou a prisão ontem (11) da secretária estadual de Administração, Thiê Higushi, pelo descumprimento de uma liminar que determinava o pagamento de abono aos servidores públicos Júlio César Nogueira, Maria Rita do Nascimento e Jorge Neto revogou a decisão.

Os servidores haviam impetrado mandado de segurança no dia 14 de abril passado para assegurar o direito do abono. No dia 18 do mesmo mês a Justiça determinou o pagamento até o julgamento do mérito, só que os depósitos não foram feitos. No dia 3 de julho foi efetuada nova notificação e que não se obteve resposta. O desembargador então optou pela decretação da prisão. Mas um dos procuradores do Estado apresentou a documentação comprovando a documentação, o que evitou a prisão da secretária Thiê Higushi.

Leia Também