Campo Grande - MS, quarta, 22 de agosto de 2018

Após onda de violência, Quirguistão decreta emergência

11 JUN 2010Por 18h:00
     

        Pelo menos 41 pessoas morreram durante a violência étnica ocorrida no sul do Quirguistão, afirmou o governo local em comunicado hoje. O texto cita como fonte o Ministério da Saúde. As mortes ocorreram na região de Osh. Mais de 600 pessoas se feriram nos distúrbios nessa área. A crise levou o governo usbeque a decretar estado de emergência em Osh, despachando reforços para controlar a situação.

        

        

        O governo provisório do Quirguistão, liderado por Roza Otunbayeva, luta para impor a ordem na instável nação da Ásia Central. O novo líder chegou ao poder neste ano durante distúrbios que provocaram a queda do presidente Kurmanbek Bakiyev.

        Com informações do Estadão

Os comentários abaixo são opiniões de leitores e não representam a opinião deste veículo.

Leia Também