Terça, 16 de Janeiro de 2018

Após oito meses de queda, juros no crédito começam a subir

12 NOV 2009Por 17h:23
     

         

         

Segundo pesquisa de juros da Anefac (Associação Nacional de Executivos de Finanças, Administração e Contabilidade), após oito meses de quedas consecutivas, as taxas de juros das operações de crédito voltaram a ser elevadas no mês de outubro.

De acordo com o levantamento, das seis linhas de crédito para pessoa física pesquisadas, somente o cartão de crédito manteve inalterada suas taxas de juros. As demais tiveram aumento.

A taxa de juros média geral para pessoa física subiu 0,02 ponto percentual no mês (0,51 ponto percentual no ano) o que representa uma alta de 0,29% no mês (0,41% em doze meses) passando de 7,01% ao mês (125,47% ao ano) para 7,03% ao mês (125,98% ao ano) de setembro para outubro, a maior média desde agosto deste ano.

Ainda segundo a Anefac, todas as linhas de crédito para pessoa jurídica foram elevadas. Em média, a taxa subiu 0,02 ponto percentual no mês (0,37 ponto percentual em doze meses) correspondente a uma elevação de 0,51% no mês (0,64% em doze meses).  O juro subiu de 3,89% ao mês (58,08% ao ano) em setembro para 3,91% ao mês (58,45% ao ano) em outubro, a maior desde agosto.

Entre dezembro de 2008 e outubro de 2009, a Selic teve uma redução de 5 pontos percentuais (queda de 36,36%) de 13,75% ao ano para 8,75%.  Neste período a taxa de juros média para pessoa física apresentou uma redução de 11,93 pontos percentuais (queda de 8,65%) de 137,91% ao ano para 125,98%.

Nas operações de crédito para pessoa jurídica houve uma redução de 8,24 pontos percentuais (queda de 12,36%) de 66,69% ao ano para 58,45%.

Com informações Folha Online

         

Leia Também