Especial Coronavírus (COVID-19) - Leia notícias e saiba tudo sobre o assunto. Clique aqui.

Após marcar gol da vitória, atleta morre de forma trágica em jogo na Suécia

Após marcar gol da vitória, atleta morre de forma trágica em jogo na Suécia
03/09/2012 11:30 - r7


Um jogador sueco de 29 anos morreu depois de ter sofrido um colapso durante um jogo válido pela segunda divisão da liga do norte do futebol do seu país, no último domingo. Ironia do destino, Victor Brannstrom teve o problema súbito logo após marcar o gol que garantiu a vitória do Pieta sobre o Umedalen, já aos quatro minutos do primeiro tempo.

A informação foi confirmada pelo jornal sueco Expressen. O diário local relatou que o jogador foi atendido no gramado e depois levado de ambulância a um hospital, onde acabou sendo declarado morto.

A causa da morte ainda não está totalmente clara, mas existe a suspeita de que o atleta teria sofrido um ataque cardíaco em campo. A agência de notícias sueca TT informou que Brannstrom já havia sofrido um colapso semelhante durante um jogo realizado no início deste ano. Porém, após um período de afastamento do futebol, ele retornou aos gramados depois de exames médicos não indicarem nenhum problema grave com o atleta.

Em sua carreira, Brannstrom chegou a atuar pelo Helsingborg, time da primeira divisão da Suécia, e quase se aposentou após o problema cardíaco ocorrido no início deste ano, mas resolveu seguir atuando após ser submetido aos exames que o liberaram para estar em campo novamente. Apesar disso, existia a suspeita da existência de um problema cardíaco que inviabilizaria a continuidade da trajetória profissional do atleta.

Felpuda


Vereador de Campo Grande fez pronunciamento com forte teor preconceituoso que obviamente não agradou, principalmente as mulheres. A repercussão negativa foi grande e ele teve de ler cobras e lagartos em seu perfil nas redes sociais. Assim, correu para publicar nota de esclarecimento tentando colocar panos quentes e se comprometendo a, já na próxima sessão, solicitar a retirada de sua fala dos chamados “anais da Casa”. Também, pudera!