Especial Coronavírus (COVID-19) - Leia notícias e saiba tudo sobre o assunto. Clique aqui.

DOURADOS

Após festa, mulher é encontrada morta; marido é preso

Após festa, mulher é encontrada morta; marido é preso
19/01/2014 11:30 - Dourados Agora


A indígena Cleia Quevedo, de 19 anos, foi encontrada morta na manhã deste domingo, na casa onde vivia com o marido de 24 anos, na aldeia Bororó, nas proximidades da Vila Olímpica.

Segundo apurado pela reportagem, na madrugada de ontem, a vítima estava em uma festa na região, acompanhada do marido, quando os dois iniciaram uma briga.

Após a confusão, o casal deixou o local e foi embora para a casa. Pela manhã, o irmão de Cleia foi até a residência dela, onde a encontrou morta no chão, com um fio enrolado ao pescoço.

O marido foi detido pela Força Nacional de Segurança e alegou que a mulher havia se matado, entretanto, o perito Walmor Garcia, da Polícia Civil de Dourados, relatou que pelas circunstâncias, o crime se trata de homicídio e não suicídio. O acusado foi levado para a delegacia.

Felpuda


Acontecimentos policiais de grande repercussão deverão refletir seriamente na jornada de uns e de outros. Os cortes nos “tentáculos do polvo” os deixaram sem respaldo para enfrentar a maratona que há tempos participam, e com sucesso. Ao mesmo tempo que ficaram sem o aconchego financeiro, afastaram-se do abraço, até então muito amigo, preocupados com o ditado popular que afirma:  “Diga-me com quem andas e eu te direi quem és”.