Sábado, 20 de Janeiro de 2018

Após Expedito desistir de recurso, Senado dá posse a Acir Marcos Gurgacz

5 NOV 2009Por 16h:29
     

                 

                 

                Na tarde de hoje (5), o Senado deu posse a Acir Marcos Gurgacz (PDT-RO). Após cassação de Expedito Júnior (PSDB-RO), que desistiu de um recurso que tramitava na Casa e ainda o mantinha no cargo, Gurgacz que foi o segundo colocado na eleição de 2006 assume sua função.

                 

O recurso de Expedito tinha sido encaminhado na terça-feira (3) pela Mesa Diretora à Comissão de Constituição e Justiça (CCJ) e só deveria ser julgado na próxima semana. O presidente da comissão, Demóstenes Torres (DEM-GO), já tinha adiantado que seu parecer seria contra à permanência do tucano no cargo.

Apesar do Tribunal Superior Eleitoral (TSE) ter determinado a cassação em junho, o senador continuou no cargo até agora. Gurgacz entrou no Supremo Tribunal Federal (STF) pedindo o afastamento imediato de Expedito e o tribunal tomou esta decisão nessa quarta-feira (28).

De acordo com a acusação, acatada pelos ministros do TSE, funcionários de uma empresa de propriedade do irmão do senador cassado, Irineu Gonçalves Ferreira, foram orientados a votarem na coligação de Expedito e a conquistarem votos de amigos e familiares em troca do pagamento de R$ 100. Segundo o processo, os valores foram depositados no dia 29 de setembro de 2006 nas contas correntes dos funcionários, cerca de 48 horas antes das eleições.

Com informações G1

                 

Leia Também