Fale conosco no WhatsApp

Por sua segurança, coloque seu nome e número de celular para contatar um assessor digital por Whatsapp.

Campo Grande - MS, quinta, 22 de novembro de 2018

Após Expedito desistir de recurso, Senado dá posse a Acir Marcos Gurgacz

5 NOV 2009Por 16h:29
     

                 

                 

                Na tarde de hoje (5), o Senado deu posse a Acir Marcos Gurgacz (PDT-RO). Após cassação de Expedito Júnior (PSDB-RO), que desistiu de um recurso que tramitava na Casa e ainda o mantinha no cargo, Gurgacz que foi o segundo colocado na eleição de 2006 assume sua função.

                 

O recurso de Expedito tinha sido encaminhado na terça-feira (3) pela Mesa Diretora à Comissão de Constituição e Justiça (CCJ) e só deveria ser julgado na próxima semana. O presidente da comissão, Demóstenes Torres (DEM-GO), já tinha adiantado que seu parecer seria contra à permanência do tucano no cargo.

Apesar do Tribunal Superior Eleitoral (TSE) ter determinado a cassação em junho, o senador continuou no cargo até agora. Gurgacz entrou no Supremo Tribunal Federal (STF) pedindo o afastamento imediato de Expedito e o tribunal tomou esta decisão nessa quarta-feira (28).

De acordo com a acusação, acatada pelos ministros do TSE, funcionários de uma empresa de propriedade do irmão do senador cassado, Irineu Gonçalves Ferreira, foram orientados a votarem na coligação de Expedito e a conquistarem votos de amigos e familiares em troca do pagamento de R$ 100. Segundo o processo, os valores foram depositados no dia 29 de setembro de 2006 nas contas correntes dos funcionários, cerca de 48 horas antes das eleições.

Com informações G1

                 

Os comentários abaixo são opiniões de leitores e não representam a opinião deste veículo.

Leia Também