Campo Grande - MS, segunda, 20 de agosto de 2018

clássico

Após empate com Vasco, Flamengo é campeão estadual

1 MAI 2011Por uol17h:23

O Flamengo é mais uma vez campeão estadual. Após o empate em 0 a 0 no tempo normal, o Rubro-Negro conquistou  o título após vencer o Vasco por 3 a 1, neste domingo, no Engenhão. Como conquistou o primeiro turno, o time da Gávea obteve a conquista sem necessidade da final

Enquanto o clima de decisão estava no ar, o forte calor que fazia no Rio de Janeiro não dava trégua aos jogadores, que adotaram uma estratégia de estudo no começo. Tanto Ronaldinho Gaúcho quanto Felipe eram bem marcados e chances para os artistas secundários poderiam surgir.

Mais bem organizado, o Vasco nitidamente começava melhor o confronto e explorava o lado em que Rodrigo Alvim marcava presença. Eder Luis se posicionava nas costas do lateral e tentava aproveitar os espaços.

Jogador que tinha sua escalação ameaçada, Ronaldinho Gaúcho era bem marcado. Antes da parada técnica, Galhardo assustou pela primeira vez Fernando Prass. Aos 22, Thiago Neves, sozinho, não conseguiu cabecear da maneira desejada.

Aos poucos, o Flamengo melhorava e equilibrava o jogo. Prova disso é que Botinelli perderia a melhor chance da partida, aos 25. Do lado de fora das quatros linhas, Ricardo Gomes e Vanderlei Luxemburgo travavam um duelo à parte. Os dois se ‘esguelavam’ com os seus comandados.

O segundo tempo começou e uma falta infantil de Allan poderia ter saído caro para o Vasco. Porém, Fernando Prass, com grande defesa colocou a bola para escanteio a falta cobrada por Ronaldinho Gaúcho, apagado na partida.

Também discreto, Felipe tentava armar as jogadas de ataque já que Diego Souza, mais uma vez, não conseguia mostrar bom futebol. Apesar de mostrar vontade, o camisa 10 deixava a desejar no ponto de vista técnico.

Na etapa final, a partida mostrava uma queda e o grande número de faltas não deixava o jogo fluir. O nervosismo , o excesso de cadência e passes errados prejudicavam a final. A esta altura, alguns gritos por Bernardo já eram escutados no Engenhão. Aos 25, o pedido foi atendido.

Logo em seu primeiro lance, o garoto arrematou para a grande defesa de Felipe, que se mostrava totalmente recuperado de um problema no ombro após choque com Alecsandro no primeiro tempo.

Aos 27, Ronaldinho Gaúcho solou Anderson Martins e cometeu uma falta violenta. Porém, o lance foi ignorado pelo árbitro, que sequer deu amarelo. O Flamengo tinha mais a posse de bola e ameaçou muito quando, aos 34, avançou do seu campo e obrigou Fernando Prass a aparecer novamente.

O ritmo do jogo já mostrava que a decisão do segundo turno do Campeonato Estadual do Rio de Janeiro seria decidido no pênaltis. Os avanços eram mais comedidos e a equipes pareciam ‘satisfeitas’ com o empate. Antes, porém, aos 45, Thiago Neves quase consagrou, mas a bola acabou saindo. Logo depois, Willians e Allan discutiram e foram expulsos.

Nas penalidades, Elton, Fellipe Bastos perderam as suas chances e o Flamengo acabou sendo o campeão estadual do Rio de Janeiro.

Leia Também