domingo, 22 de julho de 2018

Após derrota, técnico do Corinthians pede demissão

11 OUT 2010Por 07h:00

SÃO PAULO

Além de ser derrotado pelo Atlético-GO por 4 a 3, na tarde de ontem, no Estádio do Pacaembu, o Timão perdeu também o técnico Adilson Batista que não suportou a pressão pelo quinto tropeço consecutivo e pediu demissão logo após a partida.
A saída do treinador foi confirmada pelo diretor de futebol do clube, Mário Gobbi Filho. “O professor (Adílson Batista) nos procurou e ele entendeu que deveria deixar o caminho livre porque não quer causar nenhum prejuízo ao clube que vive um momento de decisão”, afirmou o dirigente corintiano. “Ele enxergou com a grandeza de alma, de espírito e de saber que tem que o Corinthians está acima de tudo e de todos e que seria boa a saída dele”, completou Gobbi.
Com o resultado de ontem, o Corinthians mantêm os 49 pontos, em terceiro lugar. O Atlético-GO, por sua vez, ganhou um novo gás na luta contra o rebaixamento: chegou aos 29 pontos, na 16ª posição.

Leia Também