Especial Coronavírus (COVID-19) - Leia notícias e saiba tudo sobre o assunto. Clique aqui.

EXPLORAÇÃO DO LIXO

Após dar aval, Ministério Público recua e ameaça suspender licitação

Após dar aval, Ministério Público recua e ameaça suspender licitação
19/07/2012 00:02 - CELSO BEJARANO E EDIVALDO BITENCOURT


Após participar de audiência pública, analisar e dar aval ao edital, o Ministério Público Estadual (MPE) recuou e, agora, ameaça, dois dias após a entrega das propostas de habiilitação, suspender a licitação bilionária do lixo, que poderá render até R$ 2,5 bilhões ao vencedor do certame.

A Promotoria de Defesa do Meio Ambiente solicitou ao Tribunal de Contas do Estado (TCE) que suspenda, imediatamente, a concorrência 066/2012. Se a corte fiscal não adotar nenhuma medida, o promotor Eduardo Cândia promete ir à Justiça para anular o processo.

O pivô da mudança de postura do MPE em relação à licitação do lixo é o custeio, pela Prefeitura de Campo Grande, da coleta e tratamento dos resíduos de saúde. Pela Resolução 358 do Conselho Nacional de Meio Ambiente (Conama), a responsabilidade pela coleta e tratamento de lixo hospitalar é do gerador.

Leia mais no jornal Correio do Estado
 

Felpuda


Vereador de Campo Grande fez pronunciamento com forte teor preconceituoso que obviamente não agradou, principalmente as mulheres. A repercussão negativa foi grande e ele teve de ler cobras e lagartos em seu perfil nas redes sociais. Assim, correu para publicar nota de esclarecimento tentando colocar panos quentes e se comprometendo a, já na próxima sessão, solicitar a retirada de sua fala dos chamados “anais da Casa”. Também, pudera!