DISCUSSÃO

Após cometer assassinato, homem espera polícia no local do crime

Após cometer assassinato, homem espera polícia no local do crime
03/07/2012 13:15 - VÂNYA SANTOS


Roberto Ramão Lopes, de 27 anos, foi preso em flagrante na manhã de ontem, depois de assassinar Toni Azir Maciel de Lima, de 31. O crime ocorreu por volta das 7h30min, na casa da vítima que fica na Rua João Manoel Cardinal, Jardim Universitário, em Ponta Porã.

A polícia não divulgou os meios empregados na morte de Toni, mas informou que a vítima apresentava ferimento na cabeça. Militares do Corpo de Bombeiros encaminharam o homem para o Hospital Regional da cidade, mas ele morreu antes de dar entrada na unidade.

Um vizinho ouviu uma discussão que acontecia na casa de Toni e resolveu ir até o imóvel, ocasião em que encontrou a vítima caída no quarto. Roberto permaneceu no local do crime, confessou ser autor do assassinato e ordenou que testemunhas chamassem a polícia ou ele mesmo “daria jeito no corpo”.  

smaple image

Fique por dentro

Fique sempre bem informado com as notícias mais importantes do MS, do Brasil e do mundo, direto no seu e-mail.

Quero Receber

Felpuda


Princípio de "rebelião" política no interior de MS, fomentada por grupo interessado em tomar o poder, não prosperou. Quem deveria assumir o "comando da refrega", descobriu que, além da matemática ser ciência exata, há "prova dos nove". Explica-se: é segunda suplente, pois não conseguiu votos necessários nas últimas eleições, mas assumiu o cargo porque a titular licenciou-se, assim como o primeiro suplente. Caso contrarie a cúpula, seria aplicada a tal prova e, assim, "noves fora, nada".