Terça, 20 de Fevereiro de 2018

Vizinhos

Após brigas, vizinho aliviou para o Brasil

14 NOV 2010Por (RL)04h:07

Foram meses de brigas e reclamações dos dois lados. Mas as ameaças e retaliações do Brasil funcionaram. A Argentina aliviou as barreiras contra os produtos brasileiros e endureceu com a China.

O resultado é que o Brasil voltou a ganhar espaço no mercado vizinho em setores como calçados, autopeças, químicos e têxteis.

Esses produtos ainda sofrem com as licenças de importação, instrumento adotado pela Argentina em 2009 para controlar a entrada de importados depois que a crise global atingiu o país. “As licenças continuam, mas sua administração se tornou mais flexível”, conta o economista da Abeceb.com, Maurício Claveri.

A participação do Brasil nas importações argentinas de calçados subiu de 44% no primeiro semestre de 2009 para 51% no primeiro semestre deste ano. Na mesma comparação, a fatia da China caiu de 39% para 23%. Os chineses estão quase fora do mercado após a aplicação de uma taxa antidumping.

Leia Também