Sexta, 15 de Dezembro de 2017

PRESÍDIO FEMININO

Após briga, detenta tem agulha de crochê cravada na barriga

15 JAN 2014Por TARYNE ZOTTINO09h:21

A interna Renata da Silva de Jesus, de 34 anos, presa por envolvimento do sequestro de um bebê, em Campo Grande, foi atingida por uma agulha de crochê na madrugada de ontem (14), no Presídio Feminino Irmã Irma Zorzi. Segundo o registro policial, a vítima afirma que teve uma discussão na noite anterior, por volta das 20h, com outra detenta, Ângela Santos de Oliveira, 34.

Por volta das 5h de terça-feira, Renata sentiu que alguém havia lhe agredido com algum objeto, que foi cravado em seu abdômen: a agulha de crochê. Ela foi socorrida pelas agentes penitenciárias de plantão, que conduziram a vítima à Unidade de Pronto Atendimento (UPA) do Bairro Coronel Antonino.

Em seguida, a detenta foi transferida para a Santa Casa da Capital, onde foi submetida a uma cirurgia de emergência para retirada do objeto.  

Leia Também