Terça, 19 de Junho de 2018

Após 50 anos, governo britânico pede desculpas sobre o escândalo talidomida

14 JAN 2010Por 18h:40
     

        O governo britânico pediu desculpas nesta quinta-feira às vítimas do escândalo talidomida, meio século após milhares de bebês terem nascido com defeitos congênitos depois que suas mães tomaram a pílula contra enjoo matinal. "O governo deseja expressar seu sincero arrependimento e profunda simpatia pelas vítimas e pelo sofrimento suportado pelos afetados quando as gestantes tomaram a droga Talidomida entre 1958 e 1961", disse o ministro da Saúde, Mike O'Brien.

        Com informações do Estadão
        

Leia Também