Fale conosco no WhatsApp

Por sua segurança, coloque seu nome e número de celular para contatar um assessor digital por Whatsapp.

quinta, 21 de fevereiro de 2019 - 12h56min

Após 3 anos no Brasil, major da Operação Condor é extraditado

24 JAN 10 - 07h:20
A Polícia Federal entregou no final da manhã de ontem às autoridades argentinas o militar uruguaio reformado Manuel Juan Cordero Piacentini, em cumprimento à ordem de extradição determinada pelo Supremo Tribunal Federal (STF). Participante da Operação Condor, ele é acusado de ser responsável pelo desaparecimento de onze pessoas e pelo sequestro de um bebê. A Operação Condor uniu forças policiais para perseguir e capturar opositores das diversas ditaduras sul-americanas em meados da década de 1970. O militar uruguaio estava preso no Brasil desde 26 de fevereiro de 2007.
Os comentários abaixo são opiniões de leitores e não representam a opinião deste veículo.

Leia Também

Deputados avaliam alternativas para reduzir impacto da Cota Zero
MEIO AMBIENTE

Deputados avaliam alternativas sobre impacto da Cota Zero

Campo Grande deve voltar a fazer parte das grandes competições vôlei
VIVAVÔLEI

Capital deve voltar a fazer parte das competições vôlei

Damares diz que vai rever  atuação de ONGs na Funai
AUDIÊNCIA PÚBLICA

Damares diz que vai rever
atuação de ONGs na Funai

Prefeito considera redução da atuação da guarda como retrocesso
DECISÃO JUDICIAL

Redução da atuação da guarda é retrocesso, diz Prefeito

Mais Lidas