Quinta, 22 de Fevereiro de 2018

desativar a unidade

Após 17 anos, empresário desativa posto em MS e mantém 7 no Paraná

12 DEZ 2010Por Edivaldo Bitencourt02h:20

Após manter o Posto Cupim em funcionamento por 17 anos consecutivos, o empresário Pedro Paulo Feronato decidiu desativar a unidade após queda de 62,5% na venda mensal de óleo diesel. "O imposto inviabilizou o negócio", contou ele, que continua no setor graças a sete postos que mantém em funcionamento na região metropolitana de Curitiba (PR), onde as vendas cresceram de 20% a 30%.

O Cupim, no macroanel rodoviário de Campo Grande, está desativado há cerca de três anos e meio. Feronato conta que a unidade chegou a comercializar 800 mil litros de diesel por mês em 1998. Quando ainda contava com 25 funcionários, o estabelecimento vendia 300 mil litros mês.

"Posto (em Mato Grosso do Sul) se tornou campo de repouso", conta o empresário. Com as vendas em queda, até os ativos estão sucateados por falta de condições de investimentos. Ele ainda reclama da falta de ajuda da Petrobras. (EB)

Leia Também