Fale conosco no WhatsApp

Por sua segurança, coloque seu nome e número de celular para contatar um assessor digital por Whatsapp.

Apoio do prefeito ao PT enfraquece André

9 FEV 10 - 01h:47
O apoio do prefeito Nelsinho Trad (PMDB) à ministra Dilma Rousseff (PT) na batalha pela sucessão presidencial pode atrapalhar os planos do governador André Puccinelli (PMDB) de conquistar mais um mandato. A avaliação é do presidente regional do PSDB, deputado estadual Reinaldo Azambuja. O posicionamento leva em conta a possibilidade de governador e de o prefeito estarem em palanques opostos na eleição nacional. Nelsinho já adiantou que apoia a candidatura de Dilma por conta do alto índice de investimentos do governo federal em Campo Grande. Em contrapartida, Puccinelli vem dando sinais de que prefere a aliança com o PSDB porque não aceita ser o segundo palanque do PT no Estado, levando em conta o plano de José Orcírio enfrentá-lo. “Acho que se ele (Nelsinho) apoiar o PT, enfraquece a candidatura do governador André”, afirmou Azambuja. Porém, o tucano indicou esperar mais reflexão por parte do prefeito de Campo Grande. “Entendo que se tiver disputa do governador com o ex-governador, ou seja, embate entre PT e PMDB, o Nelsinho vai saber o caminho”, ponderou. Em seguida, Reinaldo se apressou em minimizar as declarações. “Nós não queremos dizer o que o PMDB tem que fazer. Nós vamos cuidar do PSDB e do bloco (Bloco Democrático Reformista, que une PSDB, DEM e PPS), que é o que nos interessa”, finalizou. (LK)
Os comentários abaixo são opiniões de leitores e não representam a opinião deste veículo.

Leia Também

Panqueca americana de banana <br>é receita para qualquer hora
RÁPIDO E FÁCIL

Panqueca americana de banana é receita para qualquer hora

RENDA FAMILIAR

Informalidade e benefícios respondem por 40% da renda das famílias do País

Prefeitura de Barão de Cocais decreta feriado para treinar população
RISCO DE ROMPIMENTO DE BARRAGEM

Prefeitura de Barão de Cocais decreta feriado para treinar população

CORREIO DO ESTADO

Confira o editorial desta segunda-feira: "Os abusos do Ministério Público"

Mais Lidas