Fale conosco no WhatsApp

Por sua segurança, coloque seu nome e número de celular para contatar um assessor digital por Whatsapp.

Campo Grande - MS, terça, 18 de dezembro de 2018

FUTEBOL

Apesar de sentença, Taça das Bolinhas continua com o São Paulo

28 MAR 2011Por FOLHA ONLINE11h:32

Após mais de um mês que um juiz determinou ao São Paulo que devolvesse a Taça das Bolinhas, ela permanece com o clube do Morumbi. Porém o troféu está escondido e não será exibido ao público até que o caso esteja encerrado.
São-paulinos alegam que não receberam intimação para entregá-la. O Flamengo diz que a demora é normal, pois houve fato modificativo durante o processo --inicialmente, os cariocas queriam que o troféu voltasse para a Caixa.

 

Entenda o caso

No dia 3 de março, o STJ (Superior Tribunal de Justiça) confirmou a determinação da Justiça do Rio para que o São Paulo devolvesse a Taça das Bolinhas para a Caixa, patrocinadora do prêmio

O São Paulo argumentou que o juiz carioca contrariou decisão do STJ de 1999, que teria decretado o Sport campeão brasileiro de 1987. Segundo o clube paulista, o Flamengo pretende rediscutir o tema, já resolvido pelo STJ.

A reclamação são-paulina foi apresentada ao STJ, mas a ministra Isabel Gallotti não concordou.

No entanto, a ministra afirmou que o STJ não se manifestou sobre quem efetivamente é o campeão brasileiro daquele ano.

O troféu está com o clube paulista desde o dia 14 de fevereiro, antes de a CBF homologar o Flamengo também como vencedor do Brasileiro-1987 e acirrar a disputa pela taça.

O prêmio foi criado em 1975 pela Caixa Econômica Federal e teria como dono o primeiro clube tricampeão brasileiro consecutivo ou que conquistasse cinco títulos alternados do Nacional.

A polêmica em torno do troféu surgiu em 1992, quando o Flamengo faturou aquele que ele considera ser seu quinto triunfo na competição.

Só que a CBF, na época, não considerava o Fla como campeão brasileiro de 1987, quando foi disputada a Copa União, organizada pelo Clube dos 13, e só apontava o Sport como detentor do título nacional daquele ano.

O São Paulo reivindica a taça desde 2007, quando se sagrou campeão nacional pela quinta vez.

Os comentários abaixo são opiniões de leitores e não representam a opinião deste veículo.

Leia Também