Sexta, 23 de Fevereiro de 2018

CENSO 2010

Apesar de população de MS crescer, 11 municípios encolheram

30 NOV 2010Por bruno grubertt00h:01

Em Mato Grosso do Sul, 11 municípios tiveram redução da população se forem comparados os dados do Censo de 2000 com os de 2010, apesar de a população do Estado ter aumentado 17,8% no mesmo período. Os dados finais do Censo 2010, divulgados ontem pelo Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística, apontam que, em dez anos, a população do Estado aumentou 371.340 habitantes. No Brasil, o aumento foi de 12,33% — em 2010 foram recenseadas 190.732.694 pessoas em todo o País.

Em comparação com outros estados, Mato Grosso do Sul ficou em 10º lugar no ranking do crescimento populacional — em 2010, foram contados 2.449.341 habitantes. Nessa lista destacaram-se Amapá, que teve o maior crescimento populacional com 3,44% de aumento anual, Roraima (3,36%), Acre (2,77%), Distrito Federal (2,25%) e Amazonas (2,15%). Aumento da população representa mais recursos destinados para estados e municípios, além de a possibilidade de eleição de mais vereadores e deputados, por exemplo.

Além de Campo Grande, que tem a maior população do Estado (778.204 habitantes), aparecem na sequência Dourados (196.068), Corumbá (103.772) e Três Lagoas (101.772), que este ano romperam a barreira dos 100 mil habitantes, e Ponta Porã (77.866). Do total da população sul-mato-grossense, 49,8% são homens e 50,1 % mulheres. O município com maior número de moradores do sexo masculino é Corguinho, com 54,07% de homens, e o com maior população de mulheres é Campo Grande, com 51,53%.

População Rural
Na Capital do Estado, 98,5% das pessoas vivem na área urbana. O contrário foi registrado em Japorã, onde 81,5% dos moradores vivem na área rural, e também em Jaraguari, Tacuru, Corguinho e Itaquiraí, municípios com maior concentração de pessoas na zona rural.

A contagem da população foi iniciada em agosto e concluída este mês. Cerca de 2.240 recenseadores visitaram os domicílios dos 78 municípios. Em Campo Grande, 686 funcionários trabalharam na contagem.

Leia Também