Especial Coronavírus (COVID-19) - Leia notícias e saiba tudo sobre o assunto. Clique aqui.

BRASIL/MUNDO

Apesar de acordo, EUA apresentam rascunho de resolução contra o Irã

Apesar de acordo, EUA apresentam rascunho de resolução contra o Irã
19/05/2010 06:24 -


AGÊNCIA ESTADO, WASHINGTON

Apesar do acordo firmado entre o Brasil, Turquia e Irã, os Estados Unidos apresentaram no fim da tarde de ontem rascunho de resolução a respeito do impasse no programa nuclear do Irã ao Conselho de Segurança (CS) da Organização das Nações Unidas (ONU), o qual, segundo a secretária de Estado americana, Hillary Clinton, é apoiado pelos cinco integrantes permanentes do CS – os próprios EUA, Rússia, China, França e Grã-Bretanha – que mantêm poder de veto.

A resolução traz um pacote de novas sanções que poderão ser aplicadas contra o Irã, no caso de o documento ser aprovado, o que ainda não é certo, uma vez que a China não se manifestou de maneira clara sobre a questão.

O rascunho de resolução tem no alvo uma série de atividades e indivíduos relacionados ao programa nuclear do Irã, incluída a poderosa Guarda Revolucionária, que controla empresas e organizações que têm ligações com a proliferação nuclear, disse um funcionário graduado dos EUA, falando sob anonimato, porque o texto ainda não foi tornado público.

O funcionário disse que a nova proposta pedirá aos países da ONU que cooperem nas inspeções – que precisam do consentimento do país que dá a bandeira ao navio suspeito – e proíbam serviços de navios do Irã ou contratados pelo país, suspeitos de transportarem cargas proibidas.
O rascunho da resolução pede por inspeções de navios iranianos tanto em portos quanto no alto-mar, disse esse funcionário. Também proíbe que os países vendam tanques de guerra, outros veículos militares, aviões de guerra e navios de guerra, bem como outros armamentos pesados ao Irã.

Felpuda


As pré-candidaturas bizarras estão se espalhando nas redes sociais, nos perfis de quem acredita que esse tipo de “campanha eleitoral” poderá resultar em votos e até levar à conquista de uma vaga na Câmara Municipal de Campo Grande. Se antes isso era visto apenas no horário eleitoral na TV, agora está se espalhado como erva daninha nas redes. Como diria vovó: “Esse povo ainda se acha!” Afe!