Domingo, 21 de Janeiro de 2018

Apagão causa mortandade de peixes

12 NOV 2009Por 11h:00
     

O blecaute ocorrido anteontem à noite provocou morte de peixes no rio Paraná a jusante da Usina Hidrelétrica Engenheiro Souza Dias (Jupiá), operada pela Companhia Energética de São Paulo (Cesp). Com a parada das turbinas, as equipes de operação da CESP tomaram medidas imediatas no sentido de recompor a vazão abaixo da barragem, abrindo o vertedouro para manter a vazão defluente adequada, o que evitou uma mortande maior de peixes. Segundo os especialistas da área de meio ambiente da Cesp, a redução temporária da vazão defluente da hidrelétrica ocasionou o aprisionamento de peixes em ilhas de macrófitas (plantas aquáticas). O fato causou a mortandade de espécimes predominantemente da espécie Schizodon borelli, conhecida como taguara. A quantidade de peixes mortos ainda não pôde ser definida com exatidão.

Com informações da Cesp

 

Leia Também