Especial Coronavírus (COVID-19) - Leia notícias e saiba tudo sobre o assunto. Clique aqui.

Aos 53 anos, Maradona pode retomar carreira de jogador em clube argentino

Aos 53 anos, Maradona pode retomar carreira de jogador em clube argentino
21/02/2014 10:45 - terra


Aqueles que se lamentam por nunca ter visto Diego Armando Maradona jogar futebol podem começar a se animar. Maior ídolo do futebol argentino, o Pibe pode estar próximo de retomar sua carreira dentro das quatro linhas, mesmo aos 53 anos. Pelo menos é isto o que informa o diário Olé, nesta quinta-feira. De acordo com a publicação, o Deportivo Riestra, clube da quinta divisão nacional, está interessado em contar com Maradona em algumas partidas desta temporada.

Ainda segundo o jornal, o Riestra já enviou, inclusive, um pedido formal para a Associação de Futebol Argentina (AFA) para que possa inscrever o campeão mundial de 1986 na atual temporada.

O desejo de voltar aos gramados teria partido do próprio Maradona. Victor Stinfale, empresário ligado ao clube da quinta divisão e também representante do ex-craque, teria feito um convite para El Pibe treinar o Riestra, mas recebido como resposta um enfático: "quero jogar".

Assim, a equipe rapidamente se movimentou e conseguiu o aval da AFA para levar o eterno camisa 10 a campo. "Falei com alguém de confiança e em cinco rodadas o Maradona jogará pelo Riestra. Estreia por volta de 23 de março", garantiu Romero, dirigente do clube, em entrevista ao Olé.

A intenção do Riestra, no entanto, é ter um ganho muito maior fora do que dentro das quaro linhas. Maradona está com 53 anos e não atua profissionalmente desde 1997, quando se aposentou pelo Boca Juniors. Contudo, o Riestra prevê um apelo midiático tão grande com a possível presença de Maradona em campo que já estuda realizar a partida de estreia do craque no Estádio Nuevo Gasómetro, do San Lorenzo, com capacidade para 43 mil pessoas. O adversário será o Porvenir.

Felpuda


As definições no que se relaciona aos nomes para a disputa eleitoral vêm ocorrendo aqui e acolá. Pré-candidato que sonha comandar cidade o interior poderá deixar de ver o seu sonho realizado. É que o dito-cujo terá de enfrentar as lembranças de rumoroso caso que se tornou escândalo depois da denúncia de uma servidora. Há quem garanta que é só a campanha começar para a história ser contada capítulo por capítulo. Afe!